Carta aberta para Deus

Bertioga, 27 de outubro de 2017


Oi, Deus. Não vou me apresentar porque nós dois sabemos que você me conhece. Mais até do que eu mesmo…


Quero te falar algumas coisas e se eu for grosseira em algumas delas me perdoa, meu coração ta um turbilhão e eu sei que mesmo que as palavras soem de forma rude, é melhor que elas saiam de mim e sejam verdadeiras do que permanecerem em mim me sufocando até o ponto de se tornarem mentiras e me afogar.


Deus, eu to bem chateada com a vida e com você, você me fragilizou e me trouxe ao fim de mim! Tudo o que eu construí desmoronou, todos que eu conhecia se foram… Os meus relacionamentos se quebraram, o meu nome se apagou! Não sei mais quem eu sou e não conheço mais as ruas da minha cidade.


Você permitiu que tudo se esvaísse como areia entre os meu dedos. 


As dores cresceram e eu não sei lidar com elas. As frases prontas que sempre dizem: “tudo vai ficar bem no final”, “você é forte”, “Aguenta mais um pouco”, “você consegue” parecem mais jargões prontos de quem não tem o que dizer do que verdades cheias de sabedoria.


Você me conhece tão bem. Sabe que eu amo ver o sol nascer num dia frio, então porquê o sol ainda não nasceu e o dia está tão quente?


Tudo se foi e eu fiquei aqui..


Sabe, Deus, eu to vendo que existem presentes na solidão, e a solidão não é de verdade, você tá aqui! Eu sei de ouvir falar que você me ama, mas não sei como permitir que você me ame.. Sei que você me deseja e entregou Jesus pra morrer no meu lugar, mas eu não sei como me entregar à você..

Sei que você me chama de filha, menina dos teus olhos, povo santo, mas eu não sei como responder a esse amor, eu não sei ser sua filha nem de ninguém..


Você sabe que eu não sei fazer parte do corpo do seu filho.


Então, já que você me conhece tão bem, sabe exatamente como eu sou, tenha misericórdia de mim. Me ensine a ser sua filha e a carregar essa identidade, pegue esse coração humano e o faça valente, pega esse pedaço de barro e transforme em vaso.


Eu não sei quem eu sou, mas eu sei que sou sua filha, Deus. Mesmo que eu me esqueça disso às vezes.. 


Deus, você me ama. Me ensina a te amar. 


Você sabe que eu tenho muitos defeitos e vou reclamar de muita coisa ainda. Você sabe que por falta de entendimento eu vou ficar brava com você, mas por favor,  não me deixa esquecer quem você é.


Eu ainda não te amo com um amor perfeito como você faz, mas com o coração que você me deu eu amo você.


Até mais tarde, Deus.


Att.
Maristela, vulgo sua filha.

Anúncios