Tu conheces a ti mesmo?

Texto escrito por Lucas Félix

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerá o universo e os deuses.”

    O Aforismo de Delfos é uma frase praticamente atemporal. Está presente na cultura antiga antes mesmo de ser atribuída a qualquer filosofo grego. Já foi atribuída a Sócrates, Tales de Mileto, Heráclito entre tantos outros.

Talvez uma tentativa de consagrar essa sabedoria que, por si só, atravessou o tempo. Sempre utilizada para descrever o pensamento filosófico como tendo o seu principio no autoconhecimento. Porém, esta frase serve para refletirmos muito mais do que o conhecimento da filosofia. O Aforisma nos apresenta um conhecimento mais profundo sobre inteligência Emocional.

    Como um código escondido, cada parte do Aforismo nos apresenta uma informação por trás dos caracteres. Ao analisarmos bem a frase podemos perceber que o autoconhecimento é a ponte para entendermos dois elementos distintos, mas relacionados.

    “Conhecerá o universo”. O universo representa o mundo normal. Os afazeres, as coisas e os acontecimentos. O universo nessa frase representa seu trabalho, seus estudos, seu computador, os problemas que acontecem com você e te estressam. Também são aquelas coisas boas que te deixam feliz. Enfim, tudo aquilo com o que você interage e interage com você.

    “E os deuses”. Esse aqui é um pouco mais profundo. Os deuses não são forças místicas. Não é nada exotérico. Os deuses são forças muito bem conhecidas que movem as coisas. São as emoções. Sim, emoções! Elas são forças, são reações, são impulsos. As emoções movem nossas ações fazendo com que tenhamos certas reações com estímulos externos. Nosso chefe que nos deixa em uma situação estressante e nós reagimos com raiva, ansiedade ou até mesmo tristeza. Os “deuses” são aquela empolgação descontrolada e vergonhosa que temos quando ficamos muito felizes. Com isso podemos entender que os deuses são as forças que interagem com o universo, nossas emoções que reagem ao mundo.

    Outra parte importante do Aforisma é o sentido da palavra “conhecerá”. A frase aponta a consequência lógica do autoconhecimento: Conhecer o universo e os deuses. Quando entendermos a nós mesmos, nossas reações, sentimentos e o que nos afeta teremos pleno conhecimento sobre como cada uma destas coisas nos afetam e como reagimos a todas elas.

    Aqui nós entendemos como usar o Aforisma de Delfos para representar o conceito de Inteligência Emocional. A Inteligência Emocional¹ (IE) é a característica de uma pessoa que tem a capacidade de controlar suas emoções e usa-las ao seu favor justamente por conhecer bem a si mesmo. Entender como funcionam suas emoções e suas reações aos estímulos externos.

    Precisamos entender que quem conhece os processos, ou seja, como as coisas acontecem e funcionam, tem maior facilidade de controlar e conduzir diversas situações. Se você entende como é seu comportamento e sentimento mediante um evento você terá mais facilidade em, não apenas controlar sua emoção (raiva e ansiedade, por exemplo), como também de conduzir uma emoção mais produtiva e eficiente para essa situação específica.

    Além disso, a capacidade de buscar ser otimista e motivado também é garantida para pessoas que tendem a aprimorar sua inteligência emocional. Certamente você já passou por uma situação onde você deveria ser produtivo, mas estava completamente desmotivado e desinteressado, acarretando em ansiedade e estresse.

    Conhecer a si mesmo faz com que você tenha um maior autocontrole. Impulsividade deixa de ser obrigatório. Suas reações são mais pensadas, suas emoções passam pelo filtro da razão, pois você as conhece. IE é sentir racionalmente. Ter emoções guiadas por um raciocínio mais assertivo.

    Acima de tudo, autoconhecimento é empatia. Nenhum de nós conhece os sentimentos e processos para usarmos conosco. Quando IE é realmente aplicado nós compreendemos que nossos sentimentos são poderosas ferramentas para aprimoramento das habilidades sociais e nada melhor para socializar do que empatia. Entender o sentimento do próximo, saber como lidar com o sentimento do próximo e saber como reagir com outras pessoas.

    O Aforisma de Delfos nos ajuda a entender como funciona o conceito de Inteligência Emocional. Inteligência Emocional nos ensina mais sobre nós mesmos. Entendendo nossas emoções e reações poderemos administrar corretamente nossas vidas e melhorar a vida de outras pessoas. Conheça-te a ti mesmo e conhecerá sua força e como usá-la com sabedoria.

¹Para quem quiser aprender mais especificamente aqui está o site da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional: http://www.sbie.com.br

Anúncios